domingo, 10 de agosto de 2008

História do Teorema

Hoje, meu dia foi muito cosseno. Passei a maior parte do tempo resolvendo meus problemas e coisas da minha conta.
Cheguei em casa, e até aí tudo 10. Logo depois, percebi que algo em minha trigonometria estava faltando: Cateto 1 e Cateto 2. Chamei com urgência meu amigo Seno, que se hospedara em minha residência. Ele estava no vértice dos fundos. "O que está acontecendo?", perguntei. E o Seno me respondeu que as crianças haviam fugido. A entrega dos boletins aconteceu pela manhã e eles estavam com medo do castigo.
Era só o que me faltava! Aquilo era um obtuso! Eles tinham que saber que comigo o triângulo é retângulo! Fui até a casa do Báskara (sabia que os meninos estariam com o avô) e trouxe-os de volta. Apliquei-lhes um teorema e mandei-os subir ao quadrado. Então, minha esposa apareceu. Por sorte, já era noite - não via a hora que aquilo tudo passasse e amanhã chegasse logo. Eu e Hipotenusa fomos imediatamente para o nosso quarto. Ela com seu ângulo agudo e eu com minha aresta passamos os melhores momentos do dia (Huum, e que momentos!).
Ah, desculpem minha má educação. Tenho mania de despejar meus problemas sem sequer me apresentar. Eu sou o Pitágoras, prazer.

6 comentários:

ingridtinoco disse...

kkkkkkkkkkkkkk!eu simplesmente MORRI de rir com essa! E essa historia de aresta e ângulo agudo ficou meio pornográfico eim?! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk! beeeeeijo gata

ingridtinoco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ingridtinoco disse...

Tô pensando seriamente em fazer um desses, nao um texto, ou um teorema, mas um blog ;P

..::_*Fl0rCAld@s*_::.. disse...

meio dia e eu lendo contos eróticos?!
0.0
vou te denunciar pro blogspot!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

NaelsoN disse...

Eu faço engenharia e quem fica doida é tu é? Eu entro na internet p me livrar dos calculos..chego aqui e sou obrigado a ler uma historia dessa!! =D

Lendo esse texto, lembrei agora de duas poesias da matematica que li uns dias atras! mtu divertido tbm!

Beijos

luilia disse...

Sei que matemática tá fazendo falta...mas criar estorinhas esquiezofrêncas é demaiss!

:P

Adorei, tô até meio tonta devido ao esforço de seguir a lógica ilógica da estória!

;*